Cromoterapia

Série: Carta de uma Analfabeta

 

Madeira, luz, acrílico, impressão

---

O objeto, quando aceso, um emana luz azul enquanto o outro luz vermelha; as palavras sob luz forte, perdem sua intensidade e chegam ao esmaecimento e desaparecimento. O apagamento da linearidade destaca o espectral ativando novos modos de percepção e intercâmbio dos sentidos.

 contato: ana@anaandreiolo.com   |   Rio de Janeiro - Brasil   |   © 2019 por Ana Andreiolo