top of page
  • Ana Andreiolo

VORAZ

A energia de um glutão

de difícil saciedade.

Onde tudo se excede,

tudo se devora.


Somos monstros mitológicos

de comportamento voraz

e desejos insaciáveis.


Irreprimíveis.

Ávidos por conquistas

antes latentes, agora pulsantes.

Eclodimos em desejo.


É cuidadoso ingerir

o que nutre a alma.

E pulverizar as pragas

com inseticidas.


Cada ação de contato é ingestão

pelos poros, pela respiração, pelo paladar.


Transgênicos mutantes

da nossa própria atuação e impacto.


A transformação genética

das entranhas e núcleos celulares

é possível ao sacrificar o controle.


Nada se perde, quando tudo se solta.


nota celeste: Eclipse solar 29º Áries conjunção Jupiter, quadratura Plutão.


 

“eu gosto dos venenos mais lento

dos cafés mais amargos

das bebidas mais fortes

e tenho

apetites vorazes

uns rapazes

que vejo passar

eu sonho

os delírios mais soltos

e os gestos mais loucos

que há

e sinto

uns desejos vulgares

navegar por uns mares

de lá

você pode me empurrar pro precipício

não me importo com isso

eu adoro voar”


Lombardi, Bruna. Alta Tensão. O perigo do dragão. Rio de Janeiro: Editora Record. 1984. Na voz de Marian Bethânia.


 

PROJETO DE ATERRAMENTO.


Na manhã seguinte Mercúrio retrograda, junto a lua pós eclipse e urano, em touro.


Entre refluxos e indigestões

colocamos para fora

o que não pertence ao nosso corpo.


Tremores e espasmos,

movimentos involuntários

e cordas vocais

fraquejam ou gritam.


Toda passagem

é vibração de ar,

sonoridade.


Toda vibração terrena

balança a voz.


Pula no palco

dança e canta

(des)afina.


Ao respirar

abrimos e contraímos

para garantir o ir e vir do ar

e produzir o tom:

fala

quando modula

tensão e pressão.


O relaxamento pleno é silêncio,

bem pouco provável

neste aspecto celeste.


Ou

silêncio

é som que se engole,

mas nem sempre se digere.


Ou

goles de ar,

para a consciência

vibrar.


Aconselha-se um projeto de aterramento

para não ser para raio.

Cada corpo sabe a faixa de corrente elétrica

e tensão que tolera.


nota celeste: Mercúrio retrógrado 15° touro, de 21 de abril a 14 de maio de 2023.

bottom of page